Paixão pelos perfumes: empresário francês lança nova fragrância no Dubai

Nascido em Paris, em 1989, David Benedek é um perfumista de terceira geração. Os seus avós paternos chegaram à capital francesa, vindos da Transilvânia, nos anos 1950, onde abriram a sua primeira loja, na zona do Palais-Royale.

"Os meus pais são, ainda hoje, os donos da loja. Por isso, cresci realmente rodeado de perfume. E na verdade foi assim que surgiu o meu amor por esta área", começou por dizer David à Euronews.

Benedek criou a sua própria marca, a BDK Parfums, em 2016, depois de estudar perfume e cosmética no Instituto Francês de Moda. "Quando se imagina o cheiro, leva tempo. Eu costumava pintar muitos quadros quando era mais novo. Assim, quando crio o meu perfume, penso sempre na textura e na cor, e depois reflito sobre a mensagem que quero transmitir ao meu cliente", explicou.

Facebook BDK Parfums
BDK Perfumes. - Facebook BDK Parfums

David Benedek diz que o processo de criação do aroma perfeito é uma ciência. "É como quando você está a cozinhar, tem de construir a sua própria receita, certo? Tenta-se e depois para ir longe, tem de se voltar um pouco atrás. E, dependendo do humor que quero expressar no perfume, eu tento diferentes combinações com o perfumista e tento encontrar a fórmula. Se for bem misturado, é bem equilibrado. E isso leva tempo", salientou ainda.

Mercado global de perfumes deverá crescer para 53 mil milhões até 2027

O mercado global de perfumes deverá crescer para 53 mil milhões de euros até 2027. David Benedek diz que a Covid-19 teve um papel fulcral ao mudar, de certo modo, os mercados atuais.

"Eu creio que, especialmente depois da Covid-19, as pessoas estão a cuidar mais delas próprias, e estão focadas naquilo que lhes pode trazer alegria e também conforto. E considero que o perfume faz parte do jogo. E, talvez seja por isso, que as pessoas estão mais focadas nos perfumes do que antes", perspetivou.

David Benedek lança nova fragrância no Dubai

O jovem perfumista falou com a Euronews no Dubai, onde estava a lançar a sua nova frangrância. O perfumista explicou quais são os cheiros e ingredientes que gosta de utilizar nas suas criações.

"Existem matérias-primas comuns que eu gosto de usar nos meus perfumes como, por exemplo, o sândalo ou a baunilha. Adoro usar almíscar nos perfumes para tornar as pessoas ainda mais sensuais", referiu, salientando que "adora madeira oud, que é algo muito simbólico".

Relativamente ao debate sobre ingredientes sintéticos versus ingredientes naturais, David foi peremptório: "Creio que existem incríveis matérias-primas sintéticas que custam mais do que as matérias-primas naturais. E acho que para fazer um bom perfume, as duas são necessárias".

"As moléculas sintéticas funcionam melhor em conjunto com as moléculas naturais. Na BDK, uso ambas, especialmente almíscar. Temos um almíscar sintético espantoso que tem uma frangrância que floresce", concluiu.