Paleontólogos batizam fóssil de aranha cearense em homenagem a Pablo Vittar

·1 minuto de leitura

RIO - Um novo fóssil de aranha encontrado no Ceará foi batizado em homenagem a cantora Pablo Vittar. Com o nome de Cretapalpus vittari, trata-se do mais antigo exemplar da família Palpimanidae já descoberto.

O animal, que caminhou sobre a terra cerca de 120 milhões de anos antes de Pablo Vittar cantar o hit "Corpo Sensual", foi encontrado no sítio paleontológico de Crato, no interior do Ceará, um local de importantes achados e descobertas do tipo.

A notícia viralizou na última semana nas redes:

Os responsáveis por batizar o fóssil foram os especialistas em aranhas Matthew Dowmen e Paul Selden, do departamento de geologia da Universidade do Kansas, em artigo publicado na última edição da revista científica Journal of Archeology.