Palestino morre em operação israelense na Cisjordânia

Forças israelenses mataram um palestino nesta quinta-feira (12) em uma operação na Cisjordânia ocupada, informou o Ministério da Saúde palestino.

"Samir Auni Harbi Aslan, de 41 anos, foi morto por uma bala disparada pelo exército de ocupação israelense, que perfurou seu peito", disse o ministério em um breve comunicado.

O incidente ocorreu durante uma incursão militar no acampamento de refugiados de Qalandia, ao norte de Jerusalém.

O exército israelense disse ter realizado uma operação naquele acampamento de refugiados, na qual "suspeitos jogaram pedras e paralelepípedos na direção dos soldados, colocando suas vidas em perigo".

"Os soldados responderam com meios de dispersão antidistúrbios e balas reais", que atingiram uma pessoa, disse o exército israelense.

Samir Auni Harbi Aslan é o sétimo palestino morto este ano em incidentes violentos com forças israelenses ou civis na Cisjordânia, território ocupado por Israel desde 1967.

alv/mj/avl/zm/aa