Palestinos anunciam que restabelecerão coordenação com Israel

·1 minuto de leitura
O presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas
O presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas

A Autoridade Palestina, presidida por Mahmoud Abbas, vai retomar a coordenação de segurança com Israel, suspensa desde maio, informou um ministro nesta terça-feira.

“Em virtude dos contatos internacionais de Mahmoud Abbas (...) e considerando os compromissos escritos e orais dos israelenses, vamos retomar as relações onde estavam em 19 de maio de 2020”, dia em que anunciou a suspensão desses acordos, declarou o ministro palestino de Assuntos Civis, Hussein al-Sheikh.

Mahmoud Abbas justificou o fim da coordenação de segurança em maio para protestar contra o projeto israelense atualmente suspenso para anexar áreas da Cisjordânia, um território palestino ocupado pelo exército israelense desde 1976.

Abbas disse então que seu governo não se sentia mais obrigado por "todos os seus acordos e ententes com os governos dos Estados Unidos e de Israel, e todas as suas obrigações com base nessas ententes e nesses acordos, incluindo aqueles relativos à segurança".

Essa decisão teve um impacto importante sobre a organização de transferência de pacientes palestinos para hospitais israelenses.

Ao interromper sua coordenação com Israel, a Autoridade Palestina também parou de receber transferências de taxas, especialmente alfandegárias, cobradas por Israel em nome desta instituição.

Privada de sua renda, a Autoridade Palestina teve que cortar o salário de seus servidores públicos, e em um período em que a economia palestina está muito paralisada devido à pandemia de covid-19.

Al-Sheikh não especificou se a retomada das relações com Israel ao ponto em que estavam antes de 19 de maio também significaria o retorno das transferências de taxas à Autoridade Palestina.

O anúncio chega às vésperas da chegada a Israel do chefe da diplomacia norte-americana Mike Pompeo.

Os palestinos comemoraram a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.