Ataque contra acampamento de manifestantes em Cabul deixa 1 morto

Cabul, 24 mar (EFE).- Um ataque com bomba em um acampamento de manifestantes no centro de Cabul, capital do Afeganistão, matou uma pessoa e feriu outras nove neste sábado, informaram fontes oficiais.

O artefato de fabricação caseira explodiu durante a tarde, no parque de Chaman-e-Hozori, onde estavam os manifestantes, disse à Agência Efe o porta-voz da Polícia do Afeganistão, Basir Mujahid.

A ONG Emergency, da Itália, disse no Twitter que um novo ataque em Cabul tinha deixado nove feridos e um morto.

Os manifestantes protestavam em solidariedade aos membros da comunidade pachtuns - maioria no Afeganistão - no vizinho Paquistão, onde são perseguidos e vítimas da pressão das forças de segurança.

Nenhum grupo assumiu a autoria do ataque.

Esse é o segundo grande ataque em Cabul nesta semana. Na quarta-feira, durante as celebrações do Ano Novo no país, um atentado suicida contra um tempo frequentado por xiitas e membros da minoria hazara deixou mais de 30 mortos e 65 feridos. O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria da ação. EFE