Palmeiras terá que fazer mudanças no uniforme para disputar o Mundial de Clubes; saiba quais

Marcello Neves
·1 minuto de leitura

Os uniformes do Palmeiras terão que passar por uma remodelagem antes do Mundial de Clubes. Por causa das restrições regulamentares da Fifa, todas as camisas utilizadas no torneio devem atender as especificações da entidade. A maior mudança será a saída de alguns patrocinadores, o que deixará o visual mais "limpo".

A Fifa só permite que o patrocinador master seja exibido na parte frontal do uniforme, além do fornecedor de material esportivo do lado contrário ao escudo. Estes remanescentes também terão que passar por reduções de tamanho para se adequar às regras.

Nos ombros, serão colocados dois patches da Fifa. Todas as patrocinadoras que terão seus logotipos retirados já sabiam de antemão do regulamento e não houve nenhum atrito. Isso é padrão em Mundiais de Clubes e afeta todos os participantes.

Na parte traseira do uniforme, o nome dos jogadores aparecerá acima dos números, que também serão readequados devido ao tamanho.

Campeão da Libertadores, o Palmeiras está classificado para o Mundial de Clubes de 2020. E os Alviverdes já sabem quando irão estrear. Por ser o representante brasileiro no torneio, está classificado automaticamente para a semifinal e terá pela frente o o Tigres, do México, ou o Ulsan, da Coreia do Sul, no dia 7 de fevereiro, no Education City.

Esse será o mesmo palco da grande decisão do Mundial de Clubes, no dia 11 de fevereiro. Já o Bayern de Muinfo-campeao-libertadores-3101nique, vencedor da Liga dos Campeões na última temporada, estreará no dia 8, no Ahmad Bin Ali Stadium, contra o vencedor de Al Ahly e Al Duhail.

Compare os uniformes do Flamengo:

No Mundial

No Brasileiro