Pamela Anderson se revolta com doação para Notre-Dame em evento de caridade

Pamela Anderson, em Graz, na Áustria, em 27 de fevereiro de 2019

A atriz Pamela Anderson abandonou, na terça-feira (23), um jantar beneficente destinado a reunir fundos para jovens carentes, depois que, surpreendemente, um objeto foi leiloado por 100.000 euros, mas para ajudar na reconstrução a Catedral de Notre-Dame.

"Ontem à noite, estávamos no jantar de gala anual do @OM_Officiel para ajudar a arrecadar dinheiro para a juventude com dificuldades em Marselha", tuitou a atriz canadense, que participou junto com seu parceiro, o jogador de futebol Adil Rami, do evento organizado pelo Clube Olímpico de Futebol de Marselha (OM).

"Foi arrecadada uma quantidade significativa de dinheiro para esta causa. Então, de repente, propõem um 'maravilhoso lote surpresa' para a reconstrução da Notre-Dame", uma guitarra de Bruce Springsteen que, segundo ela, "arrecadou quase duas vezes mais dinheiro do que se havia conseguido" para os jovens.

"Estava tão chateada e decepcionada que pedi a Adil para irmos embora. E fomos", acrescentou, no Twitter.

"Certamente, os garotos de Marselha precisariam mais desses 100.000 euros do que essa catedral que já recebeu mais de 1 bilhão de euros em doações de vários bilionários", concluiu.

Sem responder diretamente à Pamela Anderson, o Olympique de Marseille disse, em nota divulgada hoje, que o total arrecadado na terça à noite foi de 439.760 euros.