Pamella Holanda decide se afastar de redes sociais após sofrer ameaças de morte

·2 minuto de leitura
A influenciadora Pamella Holanda. Foto: reprodução/Instagram/pamellaholanda
A influenciadora Pamella Holanda. Foto: reprodução/Instagram/pamellaholanda

Resumo da notícia

  • Pamella Holanda decidiu se afastar das redes sociais após a onda de ataques

  • Influenciadora desabafou sobre ameaças de morte que sofreu na última semana

  • No domingo (11), ela denunciou agressões do ex-marido, DJ Ivis

Pamella Holanda, que denunciou na última semana as agressões que sofria do ex-marido, DJ Ivis, anunciou que vai se afastar das redes sociais após sofrer ameaças de morte. A influenciadora desabafou sobre as mensagens de ódio que recebe desde que divulgou o vídeo em que aparece apanhando do cantor na frente de Mel, filha do casal,. Ela disse que precisa seguir com sua vida.

"Eu vou passar vou passar uns dias sem telefone, longe de tudo. Eu preciso cuidar da minha saúde mental. Eu não posso ser a rocha que sempre fui, tenho que me permitir ser cuidada", declarou ela, em mensagem publicada nos Stories do Instagram no último sábado (17).

Leia também:

Em uma série de posts na plataforma, Pamella relatou os ataques direcionados a ela desde que os episódios de violência doméstica vieram à tona, no domingo passado (11). "Eu quero de verdade que entendam que não estou bem, eu tenho sofrido ameaças de morte. Já li inclusive de outras mulheres que eu mereço passar fome, eu e minha filha", afirmou.

A influenciadora também negos os rumores de que sua mãe dela teria recebido dinheiro para encobrir as agressões e contou que deixou a casa onde morava.

"Eu retirei ontem todas as minhas coisas e da minha filha da casa em que morávamos, porque a construtora, então dona da casa, pediu, porque por falta de pagamento eu não poderia estar mais lá, não teria direito. Então em hipótese alguma pode ser dito que eu estava com ele por interesse, por comodidade ou por qualquer justificativa que ponha em questão meus valores e princípios", ressaltou.

Ivis foi preso na quarta-feira (14) e está sendo investido por lesão corporal em dois inquéritos policiais. Pouco antes de ser levado, ele gravou um vídeo em que chora, admite que errou e pede desculpas à ex-companheira. O conteúdo foi divulgado três dias depois, pelo colunista Leo Dias, do portal Metrópoles.

Pamella conta que era agredida pelo DJ desde dezembro de 2020, quando estava grávida. No programa "Encontro com Fátima", a influenciadora explicou que só não denunciou o marido antes por temer não ter provas.

DJ perdeu apoio e parcerias

Após a repercussão do caso, Ivis já teve suas músicas retiradas das playlists editoriais dos serviços de streaming Spotify e Deezer, o que deve afetar sua audiência nas plataformas, além de parceiras comerciais e de marketing.

Criticado por vários artistas que se manifestaram contra as agressões nas redes sociais como Xand Avião, Solange Almeida e Marília Mendonça, o músico também foi rejeitado por alguns parceiros. O sertanejo Zé Felipe afirmou que vai parar de divulgar a música gravada com o DJ. Já o cantor Latino desistiu de lançar um clipe com Ivis.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos