Panasonic planeja nova fábrica de baterias para elétricos de US$4 bi, diz jornal

(Reuters) - A Panasonic, fornecedora de baterias da Tesla, está negociando a construção de uma fábrica adicional de baterias para veículos elétricos nos Estados Unidos a um custo de cerca de 4 bilhões de dólares, publicou o Wall Street Journal nesta sexta-feira, citando pessoas familiarizadas com o assunto.

A empresa está olhando para o estado norte-americano de Oklahoma como local para sua nova fábrica, disse o jornal.

Em julho, a Panasonic escolheu o Kansas para uma nova fábrica de baterias que, segundo oficiais estaduais, criaria até 4 mil empregos com investimentos de até 4 bilhões de dólares.

O departamento disse nesta sexta-feira que "devido a acordos não discursivos sobre projetos, não faremos comentários sobre este assunto".

No início deste ano, Oklahoma disse que alocaria 698 milhões de dólares para prosseguir com o Projeto Ocean para atrair uma empresa não identificada que investiria ao menos 3,6 bilhões de dólares e criaria pelo menos 4 mil novos empregos em cinco anos.

Oklahoma é um estado vizinho ao Texas, lar das instalações de produção de carros e baterias da Tesla.

A Panasonic é parceira da Tesla há mais de uma década, fornecendo baterias de sua fábrica em Nevada, Califórnia.

A Tesla não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da Reuters.

(Por Jaiveer Singh Shekhawat, Hyunjoo Jin, Satoshi Sugiyama)