Panelaços contra Bolsonaro ocorrem pelo quinto dia consecutivo

Panelaços contra o presidente Jair Bolsonaro ocorreram pelo quinto dia consecutivo na noite deste sábado, coincidindo com o aniversário dele de 65 anos.

Novamente, os principais lugares de manifestação são Rio de Janeiro e São Paulo, mas também foram ouvidos em Curitiba, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Fortaleza e Belém.

A hashtag #PanelacoDeAniversario entrou nos assuntos mais comentados do Twitter, com 23,6 mil posts por volta das 20h30. O principal motivo de revolta é a forma como Bolsonaro se comporta diante da pandemia novo coronavírus.

Na cidade do Rio, ocorreram os protestos nas janelas em Copacabana, Leme, Leblon, Botafogo, Jardim Botânico, Humaitá, Laranjeiras, Catete, Santa Teresa, Tijuca e Grajaú.

 

Em Niterói, foram observados em Icaraí. Já em São Paulo, houve registro de panelaços em Vila Madalena e na Consolação. Gritos de "Fora Bolsonaro" e a música "Bella Ciao" também foram escutados em algumas dessas localidades. Sons de apito também foram comuns.

 

 

Durante entrevista coletiva nesta sexta-feira, Bolsonaro chamou a Covid-19 de 'gripezinha'. No Brasil, há 1.178 casos confirmados da doença e 18 mortes. No mundo, o número de mortes está em torno de 12 mil.

— Depois da facada, não vai ser uma gripezinha que vai me derrubar — afirmou Bolsonaro, referindo-se à facada que recebeu durante a campanha presidencial em 2018.