Além de Pantanal, relembre 7 remakes que fizeram muito sucesso

Remakes de novelas que fizeram muito sucesso
Alanis Guillen (esq.) é a Juma do remake da Globo. Na versão original, exibida pela Manchete, o papel foi interpretado por Cristiana Oliveira (dir.)

O remake de Pantanal já é considerado um dos grandes sucessos atuais da Globo. O capítulo em que Madeleine (Karine Teles) morreu em um acidente de avião foi o pico de uma audiência crescente na última semana. Segundo o PNT (Painel Nacional de Televisão), os números bateram 77 milhões de espectadores ligados na trama escrita por Bruno Luperi, baseada na obra de Benedito Ruy Barbosa.

Ambientada entre o Rio de Janeiro e o Pantanal brasileiro, a trama narra a história de Juma, uma menina criada em uma tapera no meio da mata da região alagada do Mato Grosso do Sul. Depois de perder a mãe, Maria Marruá, ela fica sozinha em meio a natureza. Encantada pelas lendas do Pantanal, Juma vira onça quando fica brava. Alanis Guillen foi a escolhida para estrelar a nova versão da novela, que conta com grandes nomes dramaturgia, como Marcos Palmeira, Dira Paes, Karine Teles, Murilo Benício e Jesuíta Barbosa.

Exibida originalmente pela TV Manchete em 1990, a personagem Juma foi um grande sucesso na época e marcou a carreira de Cristiana Oliveira, que é lembrada até hoje pelo papel. "Para mim foi antes e depois de Pantanal", disse a atriz em entrevista ao Encontro com Fátima Bernardes. "Estou chocada com a qualidade artística dessa novela, a densidade dos atores, dos diálogos, estou encantada", elogiou a nova versão.

Além de Pantanal, relembre outros remakes que fizeram muito sucesso tanto na primeira, como na segunda versão

Cabocla (1979 e 2004)

A novela Cabocla, de Benedito Ruy Barbosa, também já teve duas versões. A trama acontece em torno da mocinha Zuca, que se apaixona pelo advogado Luís Jerônimo. A primeira versão foi exibida em 1979 e contou com Glória Pires e Fábio Junior como os protagonistas. Foi nos bastidores da trama que o casal se apaixonou na vida real. Eles ficaram casados por três anos e tiveram a filha, Cléo Pires. Já no Remake de 2004, escrita por Edmara Barbosa e Edilene Barbosa, Vanessa Giácomo e Daniel de Oliveira viveram o par romântico da trama. Os dois também se apaixonaram na vida real e foram casados por 8 anos.

Remakes de novelas que fizeram muito sucesso
Daniel de Oliveira e Vanessa Giácomo se conheceram nos bastidores de "Cabloca"

Sassaricando / Haja Coração (1987 e 2016)

Remake livre de “Sassaricando” (1987), de Silvio de Abreu, Haja Coração ganhou novo nome e novos contornos pelas mãos de Daniel Ortiz, em 2016. Mariana Ximenes deu a vida a Tancinha, uma feirante de uma família tradicional italiana nascida na Mooca, bairro de São Paulo. A mocinha tem um romance longo e conturbado com o mecânico Apolo (Malvino Salvador), mas ela fica balançada ao conhecer o publicitário Beto (João Baldasserini). A história foi um sucesso na Globo nas duas versões. Claudia Raia deu vida a personagem em 1987 e foi um marco em sua carreira.

Remakes de novelas que fizeram muito sucesso
Mariana Ximenes brilhou no papel de Tancinha, que já tinha sido de Claudia Raia

Ti Ti Ti (1985 e 2010)

No remake escrito por Maria Adelaide Amaral, inspirada na trama homônima de Cassiano Gabus Mendes, exibida em 1985, a história dos estilistas de alta costura Jacques Leclair (Alexandre Borges) e Victor Valentim (Murilo Benício) ganhou reforço. Personagens de outras novelas, como Pulmas e Paetes, Elas por Elas, Locomotivas, Brega & Chique e Meu Bem, Meu Mal, voltaram para o ar em Ti Ti Ti de 2010.

Sinhá Moça (1986 e 2006)

Inspirada no livro homônimo de Maria Dezonne Pacheco Fernandes, "Sinhá Moça", de Benedito Ruy Barbosa, já ganhou duas versões na TV. Na primeira, de 1986, Lucélia Santos deu a vida à jovem Maria das Graças, filha de um escravocrata, que lutava pela liberdade de pessoas escravizadas antes das campanhas para a abolição da escravatura. Na segunda versão, o papel foi interpretado por Débora Falabella.

Remakes de novelas que fizeram muito sucesso
Remakes de novelas que fizeram muito sucesso

O Profeta (1977 e 2006)

Ambientada nos anos 50, a novela fala sobre a doutrina espírita. Conta a história de um jovem que descobre médium e consegue ver o passado e prever o futuro. A primeira versão da novela, escrita por Ivani Ribeiro, foi ao ar em 1977 com Carlos Augusto Strazzer no papel principal. A segunda versão foi adaptada por Duca Rachid e Thelma Guedes, e exibida entre 2006 e 2007. Na nova trama, o personagem principal se chama Marcos e foi interpretado por Thiago Fragoso.

Gabriela (1975 e 2012)

Sônia Braga como "Gabriela" marcou toda uma geração na primeira versão em 1975. Novela inspirada no romance “Gabriela, Cravo e Canela”, de Jorge Amado, ela foi adaptada para a TV por Walcyr Carrasco. E o sucesso foi repetido em 2012, quando Juliana Paes ganhou o papel no Remake.

Nos anos 1970, "Irmãos Coragem", escrita por Janete Clair, conquistou o público. A trama se passa na fictícia cidade de Coroado, onde João encontra um grande diamante. Depois disso, ele e mais dois irmãos passam a ser perseguidos pelo coronel da cidade. Na primeira versão, os irmãos foram interpretados por Tarcísio Meira, Cláudio Marzo e Cláudio Cavalcanti. Em 1995, a novela ganhou outra versão, desta vez escrita por Dias Gomes. Marcos Palmeira, Marcos Winter e Ilya São Paulo foram os protagonistas da vez.

Remakes de novelas que fizeram muito sucesso
Assim como Sônia Braga, a personagem marcou a carreira de Juliana Paes

Anjo Mau (1976 e 1998)

Susana Vieira deixou muita mãe apavorada ao viver a ambiciosa e malvada babá Nice, em "Anjo Mau", de 1976. A trama original de Cassiano Gabus Mendes fez tanto sucesso que ganhou uma nova versão entre 1997 e 1998. Desta vez, Glória Pires interpretou a babá malvada no remake escrito por Maria Adelaide Amaral.

Remakes de novelas que fizeram muito sucesso
Glória Pires e Márcio Garcia fizeram a segunda versão de Anjo Mau
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos