'Pantanal': 'Foram cinco meses de trabalho', diz estilista que fez vestido do casamento de Juma

Quando apareceram nas redes sociais as primeiras imagens de Juma Marruá (Alanis Guillen) vestida de noiva para o casamento com Jove (Jesuíta Barbosa) em "Pantanal", todo mundo queria saber quem tinha desenhado a peça. Pois bem: Jacqueline Chiabay é a estilista e designer de objetos que, junto com Marie Salles, a figurinista da novela, criou o vestido que será visto em cena esta semana. E não só ele: a capixaba também assina peças do figurino de Filó (Dira Paes) e objetos de cena da fazenda de José Leôncio (Marcos Palmeira).

'Eu quero ser sua': Primeira vez de Juma e Jove em 'Pantanal' deixa as redes em polvorosa; veja reações

Entenda: dispensado de 'Pantanal', Juliano Cazarré se muda após nascimento da filha, que tem cardiopatia rara

- A Globo sempre esteve na minha trajetória, mas essa novela é um fenômeno, só se fala dela. Sou noveleira, mas me agarrei a "Pantanal" porque sempre tem umas coisinhas minhas - conta Jacqueline Chiabay, por telefone, de seu ateliê na região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo.

Capixaba, Chiabay pode não ser um nome conhecido de quem acompanha a moda pelas passarelas e revistas, mas é um nome frequente no caderninho de quem está dentro do metié. Com 30 anos de carreira, a estilista tinha 19 anos quando trocou o Espírito Santo pelo Rio de Janeiro e o estudo de Artes Plásticas pela Moda. Na nova cidade, ela começou a trabalhar com o reaproveitamento de matéria-prima e a produzir peças com pegada artesanal, quando a ideia de sustentabilidade ainda engatinhava no mundo da moda. Além de clientes que pediam pelo trabalho artesanal, ela conquistou também figurinistas da TV e do teatro, que encomendavam peças de roupa e objetos de cena.

- Fiquei 20 anos no Rio e cheguei a fazer um desfile na cidade, bem moulage mesmo. As clientes pediam o feito à mão. Como sobrava muito couro, e couro era muito caro, eu picava e fazia remendado para aproveitar tudo. Eram lascas, fiapos, franjas que eu eu transformava em acessórios para marcas como Boys and Girls, Miele, Carlos Miele e Les Lis Blanc - diz Jacqueline, que manteve um showroom em Ipanema durante 12 anos.

'Pantanal': 'Fiz até vídeo pro neto do Caetano', diz Osmar Prado sobre sucesso do Velho do Rio com crianças

Nesse período, de olho nos objetos e nas roupas feitas com as sobras do couro, figurinistas começaram a encomendar peças para a cena. Jacqueline Chiabay participou da minissérie A Muralha e das novelas A força do Querer e América.

- Depois de 20 anos no Rio, eu decidi voltar para o Espírito Santo e me instalei na grande Vitória. Aqui eu produzo para os segmentos de decoração e de moda, inclusive para grandes marcas. Meu trabalho aproveita a matéria-prima, envolvendo comunidades e as mulheres nos presídios. Tenho seis pessoas no ateliê e trabalho com 150 artesãs, algumas delas estão comigo há 20 anos, desde que voltei.

Em "Pantanal", Jacqueline Chiabay foi procurada primeiro pelos objetos de cena. Há almofadas e mantas na fazenda de José Leôncio que são criações dela. Mais tarde, a figurinista Marie Salles pediu a estilista para produzir peças para Filó, como xales e casaquetos. Por fim, veio a pergunta: "Topa fazer o vestido da noiva?"

- Juma tem tudo a ver com o meu trabalho de reaproveitamento de resíduos. Eu não benefício o couro, compro o retalho de quem, assim como ela usa tudo do bicho. Estamos tratando do vestido há cinco meses. Mandei fotos e uns oito vestidos para a Marie. Ela pediu algumas mudanças e ficamos na dúvida entre dois protótipos. O modelo escolhido usa a cor e a trama de um e o shape do outro. É uma trama maleável que vestiu a atriz como uma luva - contra Jacqueline, que já fez com suas peças um cenário inteiro para o programa de Ana Maria Braga.

- É emocionante demais, e as mulheres que trabalham comigo querem ver as peças e o vestido na TV. Elas sentem alegria e dizem: "Olha lá, aquele ponto fui eu que fiz!".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos