Paolo Guerrero é oferecido ao Fluminense, mas nome não é prioridade para 2022

·2 min de leitura

Livre no mercado desde que deixou o Internacional, Paolo Guerrero foi oferecido ao Fluminense. De acordo com o jornal “Libero”, o tricolor foi um dos clubes que conversou recentemente com o estafe do atacante de 37 anos. No entanto, o nome do peruano não é uma prioridade nas Laranjeiras para a próxima temporada.

A busca por um centroavante é, sim, uma das posições desejadas para 2022, mas o nome de Guerrero não é visto como o que melhor se encaixa às necessidades do elenco tricolor. Apesar de o custo não ser o maior problema, já que o peruano está disposto a diminuir as cifras milionárias que recebe, a condição física do atacante é o que mais preocupa — ele vem de uma grave lesão no joelho esquerdo.

Outro fator que faz o nome não ganhar força é que, antes de definir reforços, o Fluminense aguarda para saber em qual colocação ficará no Campeonato Brasileiro e se disputará a Libertadores ou a Sul-Americana na próxima temporada. A expectativa é que, independemtentemte da condição, um aumento na folha salarial seja feito. Mas a competição a ser disputada determinará o quanto.

Para a próxima temporada, a tendência é que o Fluminense não renove o vínculo com Raúl Bobadilla e Abel Hernández. Os dois gringos possuem contrato até o fim do ano. Já Fred tem contrato até o dia 21 de julho de 2022, quando o clube faz 120 e esta deve ser a data de sua aposentadoria.

Segundo o "Líbero", Paolo Guerrero também está na mira de clubes do exterior. O Alianza Lima, do Peru, é o principal interessado na contratação do atacante. A Universidad de Chile e o Boca Juniors seriam outros times monitorando a situação.

Guerrero está livre no mercado há cerca de um mês. O último clube do peruano foi o Internacional, que o contratou em agosto de 2018. Em 2020, o atacante rompeu o ligamento cruzado do joelho direito e ficou aproximadamente sete meses afastado dos gramados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos