Papa emérito Bento 16 está "muito doente", diz papa Francisco

O papa emérito Bento e o papa Francisco em 2020

Por Philip Pullella

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa emérito Bento 16, de 95 anos, que em 2013 se tornou o primeiro pontífice em 600 anos a renunciar, está "muito doente", disse seu sucessor, o papa Francisco, nesta quarta-feira, pedindo à Igreja que reze por ele.

O Vaticano afirmou mais tarde em um comunicado que Bento 16 sofreu uma "piora" repentina de sua saúde nas últimas horas. Também disse que sua condição estava "sob controle" e que ele recebia atenção médica constante.

"Gostaria de pedir a todos vocês uma oração especial pelo papa emérito Bento", disse Francisco em anúncio em italiano no final de sua audiência geral semanal.

"Lembremo-nos dele. Ele está muito doente, pedindo ao Senhor que o console e sustente neste testemunho de amor pela Igreja, até o fim", declarou Francisco.

Desde sua renúncia, Bento 16 vive em um antigo convento dentro dos jardins do Vaticano, com seu secretário, o arcebispo Georg Ganswein, e alguns outros auxiliares e equipe médica.

Bento 16 anunciou sua intenção de renunciar em 11 de fevereiro de 2013, chocando uma reunião de cardeais. Ele disse que não tinha mais força física e mental para administrar a Igreja.

Francisco, o primeiro papa da América Latina, foi eleito para sucedê-lo em 13 de março de 2013.