Papa emérito Bento 16 morre aos 95 anos

FOTO DE ARQUIVO: Papa Bento XVI aparece em sacada da Basílica de São Pedro

(Reuters) - Veja reações à morte do papa emérito Bento XVI, que foi o primeiro pontífice em 600 anos a renunciar ao cargo em vez de governar por toda a vida:

CHANCELER ALEMÃO OLAF SCHOLZ NO TWITTER:

"Como um #Papa 'alemão', #Bento XVI foi um líder eclesiástico especial para muitos, não apenas neste país. O mundo está perdendo uma figura formadora da Igreja Católica, uma personalidade direta e um teólogo inteligente. Meus pensamentos estão com o Papa Francisco."

MARKUS SOEDER, PREMIER DO ESTADO DE BENEDICT NA BAVIERA:

"Lamentamos a morte do nosso Papa bávaro. A morte de Bento XVI me comove profundamente, assim como muitas pessoas na Baviera e em todo o mundo. Com ele, a sociedade perde um representante convincente da Igreja Católica e também um dos teólogos mais influentes do século 20. Em tempos turbulentos e desafiadores, ele foi o líder religioso dos fiéis católicos. Muitas pessoas em sua terra natal o lembrarão com gratidão não apenas como Papa Bento XVI, mas também como um humilde pastor... Sua visita de vários dias à Baviera como novo Papa, expressando seu amor pelo país e seu povo, é inesquecível. Ele sempre carregou sua pátria em seu coração”.

PRIMEIRO MINISTRO ITALIANO GIORGIA MELONI:

"Bento XVI foi um gigante da fé e da razão. Um homem apaixonado pelo Senhor que pôs a sua vida ao serviço da Igreja Universal e falou, e continuará a falar, ao coração e à mente das pessoas com a profundidade cultural, intelectual e de espírito do seu Magistério. Um cristão, um pastor, um teólogo: um grande homem que a história não esquecerá”.

SECRETÁRIO-GERAL DA ONU ANTONIO GUTERRES:

"Princípio em sua fé, incansável em sua busca pela paz e determinado em sua defesa dos direitos humanos, ele foi um guia espiritual para milhões em todo o mundo e um dos principais teólogos acadêmicos de nosso tempo... Seus poderosos apelos à solidariedade com pessoas marginalizadas em todos os lugares e seus apelos urgentes para diminuir o fosso cada vez maior entre ricos e pobres são mais relevantes do que nunca."

PRESIDENTE FRANCÊS EMMANUEL MACRON

“Meu pensamento vai para os católicos da França e do mundo, enlutados pela partida de Sua Santidade Bento XVI, que trabalhou com toda a sua alma e inteligência por um mundo mais fraterno”.

PRESIDENTE ELEITO DO BRASIL LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA:

"Recebi com tristeza a notícia da morte do papa emérito Bento XVI. Tivemos a oportunidade de conversar na sua vinda ao Brasil em 2007 e no Vaticano, sobre seu compromisso com a fé e ensinamentos cristãos. Desejo conforto aos fiéis e admiradores do Santo Padre".

PRESIDENTE BRASILEIRO JAIR BOLSONARO:

"Embora seu pontificado tenha sido curto, ele deixa um legado imenso para a Igreja Católica, para todos os cristãos e para a humanidade... Em defesa da verdade do Evangelho, ele criticou sem medo os erros da chamada 'teologia da libertação', que pretende confundir o Cristianismo com conceitos equivocados do marxismo".

PRIMEIRO MINISTRO DO REINO UNIDO RISHI SUNAK:

"Ele foi um grande teólogo cuja visita ao Reino Unido em 2010 foi um momento histórico para católicos e não católicos em todo o nosso país. Meus pensamentos estão com os católicos no Reino Unido e em todo o mundo hoje."

(Reportagem de redações da Reuters, compilado por Andrew Heavens)