Papa Francisco emociona pequena comunidade católica do Golfo com grande missa

Por Philip Pullella

AWALI, Bahrein (Reuters) - O papa Francisco celebrou uma missa para milhares de católicos no Bahrein neste sábado, emocionando os membros da pequena comunidade católica do Golfo e exortando-os a mostrar bondade aos seus anfitriões, mesmo que às vezes se sintam maltratados.

A multidão de cerca de 30.000 pessoas que lotou o Estádio Nacional do Bahrein foi a segunda maior reunião para uma missa papal na Península Arábica, após uma que atraiu mais de 100.000 nos Emirados Árabes Unidos em 2019.

"Isso é um milagre", disse Mary Grace Fortes, 36, uma filipina que trabalha na recepção de um hotel no Bahrein. "Tão importante para nós."

Como muitas mulheres filipinas que trabalham fora de seu país, Fortes é casada e manda dinheiro para casa para ajudar a sustentar a família, incluindo o marido e o filho de 16 anos.

Centenas de trabalhadores estrangeiros católicos foram transportados de ônibus ao longo dos 25 km da King Fahd Causeway, que liga Bahrein à Arábia Saudita, onde não há igrejas e onde os católicos não podem cultuar abertamente.

"Os bahrainianos organizaram tudo perfeitamente para nós", disse Jos Chazoor, 53, que é de Kerala, na Índia, e trabalha como gerente de uma empresa de equipamentos médicos na Arábia Saudita.

(Reportagem adicional de Ghaida Ghantous em Dubai)