Papa Francisco faz novo apelo por paz na Ucrânia e lamenta "uma Páscoa em guerra"

·1 min de leitura

Diante de cerca de cem mil fiéis na Praça de São Pedro, no Vaticano, o papa Francisco dedicou boa parte de sua mensagem de Páscoa à Ucrânia. O chefe da igreja católica voltou a fazer um apelo em prol da paz e se dirigiu aos representantes políticos.

Com informações da correspondente da RFI em Roma, Blandine Hugonnet, e agências

Da sacada da Basílica de São Pedro, diante de dezenas de milhares de fiéis, o sumo pontífice lamentou "uma Páscoa em guerra". O líder espiritual de cerca de 1,3 bilhão de católicos insiste há semanas na necessidade do fim do conflito na Ucrânia, após a invasão do país pela Rússia em 24 de fevereiro.

"Vimos muito sangue ser derramado, muita violência", apontou em sua tradicional bênção "Urbi et Orbi". Há uma semana, durante a a missa do Domingo de Ramos na Praça São Pedro, Francisco já havia feito um pedido de trégua durante a Páscoa.

Neste domingo, o papa expressou sua solidariedade ao povo ucraniano, aos milhões de refugiados, citando as vidas interrompidas e as cidades completamente destruídas. Sob aplausos, ele lançou um apelo novo por paz.

"Que haja paz na Ucrânia martirizada, tão massacrada pela violência e pela destruição desta guerra cruel e sem sentido à qual foi levada. Que uma nova aurora de esperança tenha início em breve para o fim desta noite terrível de sofrimento e morte. Que a paz seja escolhida!", declarou.

Mensagem aos líderes políticos

Vítimas de conflitos pelo mundo


Leia mais

Leia também:
Guerra na Ucrânia: papa pede "trégua na Páscoa" para "alcançar a paz"
Papa Francisco pede resposta internacional à emergência migratória agravada por guerra na Ucrânia
Papa Francisco convida bispos do mundo na consagração da Rússia e da Ucrânia a Nossa Senhora

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos