Papa Francisco não vai celebrar missa de Corpus Christi por causa de dor no joelho

O Vaticano informou nesta segunda-feira que o Papa Francisco cancelou sua participação na missa e na procissão de Corpus Christi, no próximo fim de semana. A ausência do Pontífice foi justificada pelas contínuas dores no joelho que o Papa sofre.

Esquema de R$ 895 milhões: Brasileiras são presas nos EUA por fraude em desconto de cheques

Acompanhe a previsão: Massa de ar frio mantém temperaturas baixas nesta semana no Sul e Sudeste

"Devido às limitações impostas ao Papa pela dor no joelho e pelas necessidades litúrgicas específicas da celebração, a Santa Missa e Procissão com a Bênção Eucarística não serão celebradas na Solenidade de Corpus Christi", diz o comunicado do Vaticano.

Durante seu pontificado, o Papa Francisco vinha presidindo a Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo. Nessas ocasiões, o Pontífice participava da missa no pátio da Basílica Papal de São João de Latrão, e da procissão com os fiéis em direção à Basílica Mariana de São João, em Roma.

Reprodução é proibida: Justiça nega pedido para reconhecimento da guarda de três filhotes de tigres em São Paulo

Devido à pandemia de Covid-19, nos últimos dois anos, a procissão foi totalmente suspensa para evitar a propagação do coronavírus. neste período, as missas foram celebradas com presença de poucos ou quase nenhum fiel na Basílica de São Pedro, segundo o site Vatican News.

O Papa já cancelou outros eventos neste ano devido a dor no joelho. Ele usa uma cadeira de rodas há mais de um mês e o Vaticano anunciou na semana passada que o Pontífice teve que cancelar sua viagem à África, inicialmente planejada de 2 a 7 de julho, para não comprometer sua recuperação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos