Papa Francisco visita região de seus antepassados italianos

O papa Francisco voltou às suas raízes neste fim de semana com uma visita ao Piemonte, região noroeste da Itália onde viveram seus antepassados.

"Meu pai deixou estas terras para emigrar para a Argentina", disse o papa neste domingo durante uma missa celebrada na catedral de Asti.

O papa chegou de cadeira de rodas à catedral, sorrindo e visivelmente emocionado.

No dia anterior, ele comemorou o aniversário de 90 anos de um de seus primos, descendente do irmão de seu avô, Carlo Bergoglio, o único dos irmãos que não emigrou para a Argentina.

Já o avô do papa emigrou com toda a família, inclusive o pai. "Obrigado por sua recepção calorosa!", declarou o papa, nascido Jorge Bergoglio em Buenos Aires em 1936.

"Agradeço muito às autoridades civis e religiosas pelos preparativos que permitiram a realização desta tão esperada visita", acrescentou durante o Angelus, a tradicional oração dominical.

“Fiquei muito feliz em vê-los (...) que estão bem!”, declarou o papa em piemontês, dialeto que sua avó, Rosa, lhe ensinou na Argentina.

O pontífice também se referiu à guerra na Ucrânia: “Pensemos em todos os lugares do mundo afetados pela guerra, em particular na martirizada Ucrânia (...) Continuemos orando pela paz”.

vip-glr/pz/meb/eg/jc