Papa não teme cisma

Criticado por falar de questões sociais, o papa Francisco assumiu o discurso social inspirado em João Paulo II. Para o Santo Padre, os que o chamam de ‘comunista’ deixam que a ‘ideologia’ entre na ‘doutrina’.