Papa ofereceu 15.000 sorvetes a presidiários em Roma

·1 minuto de leitura
Papa Francisco cumprimenta visitantes após sua audiência geral semanal no salão Paulo VI do Vaticano em 8 de setembro de 2021 (AFP/Tiziana FABI)

O papa Francisco distribuiu 15 mil sorvetes a detentos em duas prisões em Roma para aliviar as altas temperaturas deste verão boreal, informou o Vaticano em nota nesta quarta-feira (8).

As obras de caridade do papa, coordenadas pelo cardeal polonês Konrad Krajewski, continuaram a todo vapor durante o verão, especialmente as iniciativas nas prisões, afirmou a Santa Sé.

Os sorvetes foram distribuídos nas duas grandes prisões de Regina Coeli e Rebibia, na capital italiana. Francisco já lavou os pés de detidos durante a Quinta-feira Santa nestes dois centros.

As ações de caridade do pontífice também já incluíram o envio de suprimentos médicos a países pobres como Madagascar e possibilitaram que moradores de rua viajassem de barco e jantassem em uma pizzaria.

cm/eb/pc/jc/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos