Papa usa cocar e pede respeito à cultura indígena na Amazônia

Papa Francisco recebeu 17 bispos da região da Amazônia (Foto: Vatican Media/Simone Rizoluti/Handout via REUTERS)
Papa Francisco recebeu 17 bispos da região da Amazônia (Foto: Vatican Media/Simone Rizoluti/Handout via REUTERS)

Resumo da notícia

  • Papa Francisco usou cocar que ganhou de presente de bispos da região da Amazônia

  • Pontífice se reuniu com membros do Conselho Indigenista Missionário

  • Um dos bispos relatou que o papa pediu respeito à cultura indígena

Nesta segunda-feira (20), o papa Francisco recebeu bispos que atuam na região da Amazônia, integrantes do Conselho Indigenista Missionário. No encontro, o pontífice colocou um cocar e falou sobre o papel da Igreja no combate à violência contra os povos indígenas.

Francisco chegou a colocar um cocar, levado de presente pelos bispos, e brincou: “Imagine se apareço na (praça) São Pedro assim?”, o que fez os presentes rirem.

Segundo informações do portal Uol, o papa recebeu um relatório sobre a violência na região e mostrou que sabia da situação na Amazônia. Participaram do encontro 17 bispos dos estados do Amazonas, Acre e Roraima.

Ao colunista Jamil Chade, o bispo de Porto Velho, Dom Roque Paloschi, relatou que o papa Francisco orientou que os religiosos apoiassem os indígenas e respeitasse a cultua local.

“Ele nos motivou a vivermos a nossa missão de pastores e não burocratas, de não perdermos esse foco”, disse ao Uol. “E de coragem, para estar junto com as populações mais pobres e, sobretudo, que a Igreja saiba respeitar as culturas, o desafio da encarnação.”

Dom Roque afirmou que, durante o encontro, os presentes não trataram especificamente dos assassinatos de Bruno Pereira e Dom Phillips, mas o papa Francisco mostrou saber da situação na Amazônia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos