Paquistão: combatentes são mortos em confronto contra paramilitares

Soldados paquistaneses em Lahore, no dia 20 de dezembro de 2014 (AFP/Arquivos)

Dois combatentes se explodiram nesta sexta-feira enquanto quatro outros foram mortos durante um confronto com soldados paramilitares no Paquistão na província de Baluquistão, no sudoeste do país, informou um porta-voz.

O incidente ocorreu em Sanjavi, perto do distrito de Loralai, a 300 quilômetros da capital da província de Quetta.

"Quatro combatentes foram mortos enquanto outros dois se explodiram em uma operação conduzida pelo Frontier Corps (um dos principais exércitos paramilitares do Paquistão), em um operação que ainda está em andamento", disse um porta-voz do grupo paramitar à AFP.

Ele acrescentou que uma grande quantidade de munição, incluindo materiais explosivos e coletes usados por suicidas, foram encontrados com os insurgentes.

O porta-voz disse que os combatentes estavam abrigados no local depois de fugirem de uma ofensiva militar de longa duração.

"Eles estavam envolvidos em um sequestro para extorsão", informou.

O Baluquistão é uma província do Paquistão atingida pela violência, com um movimento separatista armado que deseja assumir o controle de recursos como petróleo, gás e minério.

Também é assolada por ataques talibãs e por agitações sectárias. Um grande número de estrangeiros foram sequestrados na região nos últimos anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos