Paquistão diz ter fornecido lista de instalações nucleares à Índia em prática anual

Por Gibran Naiyyar Peshimam

ISLAMABAD (Reuters) - O Paquistão disse que entregou uma lista de suas instalações nucleares à missão indiana em Islamabad no domingo, sob um acordo de décadas entre os dois rivais com armas nucleares.

Os vizinhos travaram três guerras e tiveram várias tensões militares nos últimos anos. No ano passado, um míssil indiano caiu acidentalmente no Paquistão, disparando alarmes em todo o mundo.

"A lista de instalações nucleares no Paquistão foi oficialmente entregue a um representante do Alto Comissariado Indiano em Islamabad no Ministério das Relações Exteriores hoje", disse a chancelaria do Paquistão em um comunicado.

O órgão disse que as listas são trocadas anualmente em 1º de janeiro e que a Índia entregou simultaneamente uma lista à missão paquistanesa em Nova Déli. A prática existe desde 1992.

Com a ajuda da China, o Paquistão aumentou recentemente seu uso de energia nuclear para atender à crescente demanda por eletricidade. O Paquistão testou armas nucleares oficialmente pela primeira vez em 1998 e, desde então, desenvolveu um estoque significativo de mísseis com capacidade nuclear, assim como a Índia.

As trocas anuais ocorrem em um momento em que os laços diplomáticos entre os dois países são quase inexistentes.

(Reportagem de Gibran Peshimam; Reportagem adicional de Manoj Kumar em Nova Déli)