Paquitas gordas, pretas e LGBTs marcam tributo à Xuxa no "Criança Esperança"

Gloria Groove e Rebecca no
Gloria Groove e Rebecca no "Criança Esperança". Foto: Reprodução/Globo

Resumo da notícia:

  • Tributo à Xuxa no "Criança Esperança" foi marcado por paquitas diversas

  • Evento beneficente da Globo contou com "Lua de Cristal" na voz de Gloria Groove e Rebecca

  • Show foi marcado pela repaginada nas dançarinas que costumavam seguir padrão na década de 1980

A noite de segunda-feira (16) na Globo foi marcada por um feito histórico de Gloria Groove e Rebecca no palco do "Criança Esperança". Isso porque as cantoras, declaradamente LGBTs, repaginaram o conceito de paquita durante um tributo para Xuxa.

Em homenagem ao som de "Lua de Cristal", as cantoras cantaram e fizeram coreografias rodeadas de dançarinas dos mais diversos corpos. Mulheres pretas, transsexuais e gordas, que não tiveram espaço na década de 1980, quando as assistentes de palco de Xuxa eram magras e loiras, se jogaram na performance respirando representatividade.

Na homenagem para a Rainha dos Baixinhos, Gloria Groove ainda embalou o hit "Bonekinha" e deixou o recado para os espectadores sobre todos terem o direito de ser quem são, da forma como são, além dos julgamentos e preconceitos. "Chega de viver dentro da caixa", concluiu.

Vale lembrar que as doações para o "Criança Esperança" podem ser feitas pelo site ou pelos números exibidos na tela durante a grade da programação da TV Globo. Confira um trecho da performance: