Paraíba estende isolamento até 31 de maio

NICOLA PAMPLONA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania) assinou decreto neste sábado (16) estendendo o período de isolamento social no estado até o dia 31 de maio. O texto amplia as medidas restritivas, que agora passam a valer para todos os municípios do estado.

Além disso, suspende o transporte intermunicipal de passageiros, com o fechamento do todos os terminais do estado, e de atividades de construção civil, excluindo aquelas relacionadas à pandemia e obras emergenciais.

O uso de máscaras passa a ser obrigatório em todo o estado. O decreto estabelece multa a estabelecimentos comerciais ou empresas de transporte públicos que permitirem o acesso de pessoas sem máscara. A penalidade é de R$ 100 por pessoa.

O decreto anterior previa o fim do isolamento na segunda (18). Segundo o governo, a decisão foi tomada diante do aumento diário de casos, principalmente esta semana. De acordo o Ministério da Saúde, o estado tem hoje 3.739 casos confirmados de Covid-19, com 170 mortes.

O governo instalará ainda barreiras sanitárias em estradas que ligam a municípios da região metropolitana, permitindo apenas acesso de moradores e pessoas que trabalhem em atividades essenciais.