Para acelerar recuperação, Neymar recorre à câmara de oxigênio

·1 minuto de leitura

Craque brasileiro no elenco do francês PSG, Neymar tem fama pelo talento e pelas lesões - basta relembrar os memes com as quedas em campos. Para acelerar o processo de recuperação, o brasileiro tem usado um método popular entre as estrelas da NBA: a Câmara Hiperbárica.

Aderido pelo jogador no começo da pandemia, o tratamento tem como propósito acelerar a recuperação do tecido muscular, em um ambiente fechado, cuja em que a pressão interna é maior que a atmosférica.

— Isso faz com que o atleta ou paciente consiga respirar mais oxigênio do que ele conseguiria em situações normais de pressão atmosférica. A captação aumentada de oxigênio nos pulmões é transmitida para os tecidos do corpo por meio da circulação sanguínea. O aumento de oxigênio disponível otimiza o processo de produção de energia. Com mais energia o corpo se recupera e funciona melhor — explica o fisioterapeuta Rafael Martini, responsável pelo o acompanhamento do atacante

O equipamento, que está na casa do jogador, é utilizado uma vez ao dia, por cerca de 1h30; quando está lesionado, são pelo menos duas diárias, por 1h e intervalo de seis horas sessões.