Para aumentar confiança do público, Biden e Pence vão tomar vacina contra Covid

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, e o atual vice, Mike Pence, devem receber nos próximos dias a vacina contra o coronavírus, em uma tentativa de incentivar a população a tomar o imunizante. Os dois devem receber o medicamento em cerimônias públicas —a do republicano está programada já para esta sexta (18), enquanto a do democrata deve ocorrer no início da próxima semana. Segundo a agência de notícias Reuters, os médicos ainda não decidiram quando o atual presidente, Donald Trump, irá tomar a vacina. Em outubro, ele recebeu o diagnóstico de Covid-19 e chegou a ser internado. Tanto Biden, 78, quanto Pence, 61, estão no grupo de risco para a doença. A pesquisa mais recente do Instituto Ipsos, feita no início de dezembro, apontou que apenas 61% dos americanos estavam dispostos a tomar a vacina contra o coronavírus. Por isso, tanto a atual gestão quanto a próxima têm trabalhado para tentar aumentar a confiança do público no imunizante.