Para enfrentar a inflação, Walmart oferece aos clientes produtos recondicionados

Walmart tem uma nova proposta de venda para os consumidors que enfrentam a atual alta nos preços: compre produtos usados.

Seu novo programa "Walmart Restored" vai facilitar a compra de artigos usados de empresas como Apple, Samsung e Kitchen Aid, da Whrilpool, disse o gigante do varejo em comunicado nesta sexta-feira. Mercadorias desse tipo estarão disponíveis on-line e em lojas selecionadas no último trimestre do ano.

Estratégia: Com inflação acima de 10%, brasileiro muda a forma de fazer compras

Excessiva: Michael Klein critica remuneração de executivos da Via, dona das Casas Bahia e Ponto

"Em um ano em que os clientes buscam maneiras de economizar, os produtos restaurados como novos se tornaram uma forma cada vez mais popular de reduzir custos sem sacrificar a qualidade", afirma o comunicado.

Walmart está tentando atrair mais clientes para o sue site à medida em que impulsiona o mercado para vendedores externos como forma de competir com a Amazon. Embora o Walmart.com já tenha vendedores de produtos restaurados, a nova marca ajudará a destacar a mercadoria restaurada em meio a mais significaiva alta de preços em 40 anos.

Via: Dona das Casas Bahia aposta em marketplace para itens pesados e vai entregar geladeiras e móveis vendidos em sites de rivais

Os produtos restaurados são inspecionados, testados e limpos, disse a Walmart. O varejista com sede em Bentoville, Arkansas, também oferece devolução grátis de 90 dias para os artigos.

As ações da companhia recuram no início da semana depois de ter reduzido as estimativas de lucro. Walmart disse que os clientes se afastavam cada vez mais das mercadorias gerais ao mesmo tempo em que a alta nos preços dos alimentos e combustíveis os obrigava a gastar mais em bens de consumo básico.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos