Para governo, leilão do pré-sal foi 'exitoso, diz Rego Barros

Leandro Prazeres
Rego Barros: recursos vão irrigar economia

BRASÍLIA - O porta-voz da Presidência da República, general Otávio Rego Barros, disse que o governo avalia o leilão de blocos do pré-sal realizado nesta quarta-feira como "exitoso", a despeito de apenas dois dos quatro blocos em oferta terem sido arrematados e de a arrecadação prevista ter sido frustrada.

Nesta quarta-feira, a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) colocou em leilão quatro blocos para exploração de petróleo na camada pré-sal. Dos quatro blocos colocados em oferta, apenas dois foram arrematados. A receita prevista pelo governo, que era de R$ 100 bilhões, chegou a apenas R$ 69 bilhões.

Apesar disso, Rego Barros elogiou o resultado do leilão.

- De forma alguma consideramos que tenha havido um insucesso. Consideramos, sim, que foi exitoso o leilão - disse o porta-voz.

Rego Barros disse ainda que o governo já estuda recolocar em oferta os dois blocos que não foram arrematados no leilão desta quarta-feira.

O porta-voz disse ainda que os recursos arrecadados com o leilão desta manhã terão efeito positivo sobre a economia dos estados e municípios.

- [Os recursos] irão irrigar a economia e proporcionarão aos estados e municípios, até o final do ano, uma mexida substancial na economia - disse Rego Barros.