Para Mourão, não votar Orçamento de 2021 este ano pode afetar rating do Brasil

·1 minuto de leitura
Brazil's Vice President Hamilton Mourao gestures during an inauguration ceremony of the new Health Minister in Brasilia
Brazil's Vice President Hamilton Mourao gestures during an inauguration ceremony of the new Health Minister in Brasilia

BRASÍLIA (Reuters) - O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta segunda-feira que tudo indica que o Congresso não vai votar o Orçamento de 2021 ainda este ano e isso poderá afetar o rating do Brasil nas agências de classificação de risco.

Em uma live organizada pelo banco Itaú, Mourão disse ainda que não existe planos por parte do governo de prorrogar a situação de emergência no país, que permitiria a continuidade de programas como o auxílio emergencial, porque isso obrigaria a um aumento da dívida do país e a deteriorização da situação fiscal.

Na mesma linha, Mourão afirmou não ver outra solução para a criação de um programa de renda mínima que não seja aumentar programas existentes, como o Bolsa Família, e retirar recursos de outros programas, e que não existe solução simples para um novo programa de renda mínima, como o governo tinha planejado inicialmente.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)