"Para quem acha que é simples ser prefeito dessa cidade", diz Paes sobre "ataque de jacaré"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Homem usa jacaré como arma durante briga em praia do Rio de Janeiro
Homem usa jacaré como arma durante briga em praia do Rio de Janeiro
  • O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), brincou com o "ataque de jacaré" em uma praia

  • Um filhote do animal foi usado como "arma" durante uma briga na Praia da Macumba, zona oeste do RJ

  • Dois homens saem no tapa e um deles usa o animal como forma de ameaçar o outro

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), brincou com o "ataque de jacaré" na Praia da Macumba (zona oeste da capital fluminense). Um filhote do animal foi utilizado como "arma" durante uma briga e viralizou nas redes sociais.

"Para vocês que acham que é simples ser prefeito dessa cidade!", escreveu Eduardo Paes no Twitter.

Em vídeo que circula na web, dois homens saem no tapa e um deles usa um jacaré como forma de ameaçar o outro. Nas imagens, é possível ver que um agente do Corpo de Bombeiros tenta apartar a briga, mas também é ameaçado com o animal de pequeno porte.

Segundo a Defesa Civil, após o guarda-vidas conter a confusão, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada, capturou o jacaré e o soltou em seu habitat natural, no Parque Natural Municipal de Marapendi.

Pessoas que dizem ter presenciado a briga afirmaram que o homem, que usa uma camiseta azul e um boné, teria encontrado o jacaré na areia. Ele capturou o animal para devolvê-lo ao parque natural, que fica próximo do local da briga.

O jacaré teria chegado à praia após a cheia dos canais de Marapendi e das Taxas, fato recorrente em dias chuvosos na região da capital fluminense. Com informações do portal G1 e do portal Metrópoles.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos