Paraibano realiza sonho de ter carro de luxo, mas "não cabe" e vira meme

Colaboradores Yahoo Notícias
·2 minuto de leitura
O empresário paraibano Diego Alexandre e seu carro conversível

O empresário Diego Alexandre, de 36 anos, viralizou nas redes sociais após ter se frustrado com a realização de um sonho. Paraibano de Campina Grande, ele comprou um carro conversível, porém não coube no veículo.

Em entrevista ao portal G1, Diego afirmou ter comprado o automóvel do amigo, o advogado Eric Silva. O pagamento foi feito por meio de uma espécie de troca. O empresário entregou a Eric uma Mercedes modelo sedan, ano 2014, mais uma quantia em dinheiro.

Leia também

Antes de ser entregue, o veículo precisou de reparos no ar condicionado e passou alguns dias na oficina. Quando entrou no carro, Diego viu que havia algo de errado. Depois de ajustar o máximo possível o banco do motorista, viu que não cabia no veículo com a capota fechada.

“Senti um negócio diferente. Eu passando um pouco do teto do carro”, afirmou. Imediatamente, Diego ligou para Eric, que gargalhou ao ver uma foto do amigo dentro do veículo. O empresário quis o dinheiro investido de volta, mas o vendedor não quis acordo e disse que já havia gastado parte do pagamento.

“O negócio foi fechado antes dele testar o carro. Até eu não sabia, achava que ele já tinha entrado no carro. Quando eu olhei a foto [enviada por Eric], já comecei a rir, sabe? Ele realmente comprou o carro sem testar e não cabe no carro. Seria cômico se não fosse trágico”, lembrou o vendedor.

Inicialmente, Eric enviou as imagens para um grupo de admiradores de carros esportivos. Pouco tempo depois, viralizou nas redes sociais.

Como Eric não aceitou a devolução do produto luxuoso, Diego está se virando como pode. “Peguei um capacete que eu tinha, botei na cabeça e sai andando com o carro”, revelou.

Diego virou celebridade em Campina Grande, e receberá um carro novo do amigo: “Eric é o mesmo que um irmão para mim, é de casa. Vai dar certo. Se Deus quiser a gente vai finalizar essa história”.