Paralimpíada: conheça Beth Gomes, ouro no lançamento de disco e recordista mundial

·1 minuto de leitura

Grande favorita no lançamento de disco F53, Elizabeth Gomes foi a última a arremeçar, e precisou de apenas uma tentativa para garantir a medalha de ouro para o Brasil. Com 15,68m no primeiro lançamento, ela se garantiu no lugar mais alto do pódio na Paralimpíada de Tóquio nesta segunda-feira, mas ela queira mais. Na sequência, Beth quebrou o recorde mundial duas vezes, estabelecendo a nova melhor marca em 17,62m.

Com a vitória na classe F52 (para competidores em cadeiras de rodas) o Brasil chega a 99 medalhas de ouro na história dos Jogos.

A atleta santista de 65 tem uma longa história no esporte. Beth era jogadora de vôlei em 1993 quando foi diagnosticada com esclerose múltipla. Demorou para aceitar a doença até conhecer o basquete em cadeira de rodas. Mais tarde, ela descobriu o atletismo onde empilhou uma série de títulos, e agora é coroada com a medalha olímpica inédita. Beth é também a atual recordista mundial do lançamento de disco.

A brasileira já foi ouro no lançamento de disco no Mundial Dubai em 2019; ouro no lançamento de disco nos Jogos Parapan-Americanos Lima 2019; bronze no arremesso de peso no Mundial Doha 2015; ouro no lançamento de disco e prata no arremesso de peso nos Jogos Parapan-Americanos Toronto 2015.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos