Paraná amplia restrição e impede entrada de ônibus de qualquer estado

KATNA BARAN

FOLHAPRESS - O governo do Paraná ampliou a restrição para ônibus interestaduais, expandido a proibição de entrada de veículos de qualquer estado do Brasil e do Distrito Federal. A medida passa a valer a partir desta sexta-feira (20).

Inicialmente, o governo havia proibido apenas a entrada de veículos dos estados onde há transmissão local do novo coronavírus, mas decidiu ampliar a medida para diminuir os índices doença no estado. A suspensão vale inicialmente por 14 dias, mas pode ser prorrogada.

Para implementar a ação, o governo vai instalar postos de monitoramento nas fronteiras, divisas, portos, aeroportos e rodoviárias estaduais.

A normativa estabelece ainda que a tripulação e os passageiros de embarcações estrangeiras que desembarquem nos portos e aeroportos do Paraná possam ser abordados por agentes públicos para a averiguação das condições de saúde.

O governador do estado, Ratinho Jr. (PSD) afirmou também que está solicitando a restrição de voos para o Paraná com partidas de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Distrito Federal. Nesses locais, já há registros de transmissão comunitária do novo coronavírus. O Paraná tem 14 casos confirmados do novo coronavírus.