Paraquedista do Exército brasileiro morre após manobra do salto dar errado em SP

·1 min de leitura
Bruna Ploner tinha 33 anos e era paraquedista do Exército. Foto: Reprodução/ Instagram @brunaploner.
Bruna Ploner tinha 33 anos e era paraquedista do Exército. Foto: Reprodução/ Instagram @brunaploner.

A paraquedista Bruna Ploner, de 33 anos, faleceu após uma manobra durante salto de paraquedas dar errado, na cidade de Boituva, no interior de São Paulo. A paulista recebeu os primeiros socorros e foi levada ainda com vida para o hospital.

Bruna era paraquedista do Exército e foi levada com vida para o Hospital São Luiz, mas não resistiu aos ferimentos e acabou em óbito, ao tentar pousar ela acabou sofrendo um poli traumatismo.

O equipamento que a paulista usava será periciado pela Polícia Civil que também vai investigar o local do acidente.

Amigos e familiares deixaram mensagens em seu último post nas redes sociais: “Obrigado por tudo que fez pela gente Bruninha. Vamos levar vc sempre conosco em nossos corações em cada salto de nossas vidas ❤️🙏🏻💔🖤 te amo”, escreveu um internauta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos