Parceria entre Shoppe e PicPay pode render 6% de cashback

·3 min de leitura
In this photo illustration a PicPay logo seen displayed on a smartphone with a Pix logo in the background. (Photo by DAX Images/NurPhoto via Getty Images)
Parceria vai render cashback para clientes do PicPay (Photo by DAX Images/NurPhoto via Getty Images)
  • Para ter acesso, é preciso ter uma conta no PicPay e acessar a seção “Store”

  • Valor é depositado diretamente na conta PicPay, no prazo estabelecido pelo parceiro

  • Os clientes com uma nova conta na Shopee terão acesso a um cupom de até 50% de desconto

A Shopee, plataforma de comércio eletrônico singapurense pertencente ao Sea Group, agora faz parte do PicPay como loja parceria. Isso, na verdade, permite com que os clientes façam compras e recebam até 6% de cashback. Além disso, os clientes com uma nova conta na Shopee terão acesso a um cupom de até 50% de desconto para utilização em até 30 dias.

Segundo informações divulgadas pelo Money Times, é preciso ter uma conta no PicPay e acessar o aplicativo na seção “Store”, onde o usuário deve selecionar a loja para ser direcionado ao aplicativo da Shopee.

Após isso, o valor é depositado diretamente na conta PicPay, no prazo estabelecido pelo parceiro. Todo o processo pode ser acompanhado pelas notificações enviadas pelo aplicativo.

O que é cashback?

Um programa de recompensa em dinheiro é um programa de incentivo operado por empresas de cartão de crédito em que uma porcentagem do valor gasto é devolvido ao titular do cartão.

O cashback PicPay pode ser utilizado nas seguintes situações:

  • Pagamento de contas e boletos;

  • Recargas de celular, compras de crédito para jogos e de TV por assinatura;

  • Compras nos parceiros da PicPay Store;

  • Pagamento de compras em estabelecimentos que aceitam PicPay.

PicPay lança serviço de empréstimo entre pessoas; entenda como funciona

Uma nova função do PicPay tem chamado a atenção dos usuários. A empresa anunciou o "Clube de Empréstimos", que permite o chamado “peer-to-peer lending”, ou empréstimo entre pessoas físicas.

Lançada oficialmente na última terça-feira (15), os investimentos podem ser feitos a partir de R$ 50 e a plataforma promete retornos a partir de 25% ao ano. Segundo o PicPay, o rendimento é mensal, com o pagamento de cada parcela do empréstimo, acrescidos de juros, e variam conforme o risco da operação, que é assumido pelo investidor.

Ou seja, se o negócio for considerado arriscado pela fintech, os juros recebidos são maiores. Quem precisar de dinheiro pode solicitar valores entre R$ 100 e até R$ 15 mil, e paga taxas a partir de 2,09% ao mês.

Importante lembrar que o risco de crédito é totalmente do investidor. Então se a pessoa que pegou dinheiro emprestado ficar inadimplente, o prejuízo fica com quem emprestou o valor por meio da plataforma.

Apesar disso, o Picpay afirma que, para trazer mais segurança, as contas têm controle antifraude e todos os pedidos passam por uma análise de crédito "completa e minuciosa".

“O Clube de Empréstimo reforça o compromisso do PicPay de ser um ecossistema completo, que simplifica como as pessoas lidam com sua vida financeira e conecta quem precisa de empréstimo com quem busca mais rentabilidade nos seus investimentos”, afirma Frederico Trevisan, executivo responsável pelo Marketplace Financeiro do PicPay.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos