Parentes de presos reclamam de tratamento a Boris Becker

Boris Becker foi preso após ocultar bens e empréstimos no valor de 3 milhões de euros. Foto: Karwai Tang/WireImage
Boris Becker foi preso após ocultar bens e empréstimos no valor de 3 milhões de euros. Foto: Karwai Tang/WireImage

Boris Becker foi condenado a dois anos e meio de prisão, dos quais terá de passar um ano e meio antes de ser elegível para liberdade condicional, depois de ter sido considerado culpado de ocultar bens e empréstimos no valor de 3 milhões de euros.

O lendário tenista alemão de 57 anos, que cumpre pena na prisão HMP Huntercombe Categoria C, voltou a ser polêmico atrás das grades pelo trabalho privilegiado que lhe foi atribuído na prisão.

Leia também:

O jornal 'The Sun' publica que Boris Becker recebeu a tarefa de ensinar ciências do esporte, tarefa considerada confortável e que incomodou o restante dos presos e suas famílias devido ao tratamento privilegiado que foi dado ao vencedor de seis Grand Slams.

O tabloide britânico publica que uma fonte da prisão explicou a eles que "normalmente você cumpriria anos antes de conseguir um emprego como assistente de sala de aula, já que é considerado um privilégio. Mas Becker recebeu o emprego semanas depois de ser sentenciado", explicou.

Parentes dos prisioneiros escreveram cartas às autoridades denunciando esta situação de privilégio para Becker, tricampeão de Wimbledon.

“Boris Becker não tem exatamente a vida de luxo na prisão a que está acostumado, mas tem melhor do que a maioria dos presos”, explicou a fonte consultada pelo 'The Sun'.

As primeiras semanas de prisão de Boris Becker não foram nada confortáveis, apesar de se dedicar a ensinar inglês a outros presos.

O ex-tenista não suporta o pouco espaço que tem em sua cela e pressionou repetidamente o botão de emergência, o que levou as autoridades a dizerem que não se tratava de um hotel ou serviço de quarto. Ele também reclamou da comida e da falta de higiene.

Finalmente, a administração da prisão decidiu transferir Becker para uma zona mais "amigável" após suas queixas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos