Parentes e amigos lamentam a morte de skatista de Santa Catarina após atropelamento em Ipanema

Parentes e amigos lamentaram a morte do skatista de Santa Catarina Maurício Luiz Munarini, de 29 anos, em posts nas redes sociais. Ele foi atingido por uma van quando andava de skate na Avenida Vieira Souto, na altura do Posto 8, em Ipanema, Zona Sul do Rio. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Maurício morreu no local. O skatista é definido como sorridente e atencioso.

Acidente com van: Skatista de Santa Catarina morre atropelado no Posto 8, em Ipanema

Recém-nascido em abrigo: Avós maternos vão pedir a guarda de bebê que nasceu no ônibus e de seus três irmãos

O skatista era da cidade de Paial, no oeste de Santa Catarina. O pai dele, Ermes Munarini, é o ex-vereador daquele município e a mãe, Idete Zuanazzi Munarini, é a atual secretária de Educação da cidade. Em uma postagem de Idete numa rede social, amigos e parentes lamentam a partida de Maurício e desejam que a família se mantenha unida e tenha forças para enfrentar a perda.

"Meus sentimentos Idete que Deus lhe dê forças para seguir, e que o Maurício siga no caminho da luz. Estamos em oração. Um abraço bem caloroso", escreveu uma pessoa na publicação.

"Nossos sentimentos a toda família, que Deus dê forças à vcs neste momento triste da vida. Força e fé a todos, Deus abençoe imensamente vcs...", foi o comentário de outra.

'Faraó dos Bitcoins': Ex-garçom será transferido para presídio federal no Paraná

Tia de Munarini, Elizete Puhl postou uma despedida emocionada: "Meu querido sobrinho e afilhado Maurício, hoje estou aqui, escrevendo para você com muita tristeza no coração pela sua partida. Não estávamos esperando essa notícia, não estávamos preparados para essa situação, logo com você, que sempre foi tão guerreiro, lutou tanto, e agora ir assim, dessa forma, em um momento tão feliz da sua vida".

Ela encerrou a mensagem falando sobre a relação que tinha com o rapaz: "Lembrarei de você sempre sorrindo, sempre nos divertindo e nos ensinando sobre a leveza da vida. A saudade será eterna, meu sobrinho e afilhado Maurício Luiz Munarini. Com carinho, tinha Lida".

Matheus, irmão de Maurício, colocou uma imagem de luto como foto de perfil numa rede social. Na imagem, amigos e membros da família também prestaram homenagens e se solidarizaram.

"Querido meus sentimentos força porque nessa hora a dor é muito dói que não tem palavras pra aliviar a dor, mas ele foi chamado por Deus pra ir, vai fazer muita falta, mas ele vai estar na luz divina junto com Deus, vai em paz Maurício e que Deus conforte o coração de todos vcs", disse uma pessoa num comentário.

Mais de 50 quilos de entorpecentes: Traficantes usam Correios para enviar e receber drogas em coração de pelúcia e par de tênis

Ainda em homenagens por parte de parentes, uma publicação de Marina Munarini, acompanhada por uma foto em preto e branco de Maurício, destaca que ele teve uma vida "cheia de superação e alegrias", e "se entregou a novas experiências, desafios e lugares". Ela diz que a notícia da morte deixou a todos "sem chão".

Uma amiga disse na publicação de Marina: "Conforta um pouco o coração saber que vivemos vários momentos lindos juntos, que fique essa lembrança e o som da gargalhada dele! Amo vocês e que Deus ajude todos nesse processo!"

Outra destaca que também foi surpreendida pela notícia da morte do rapaz: "Estamos todos incrédulos... o que conforta um pouquinho o coração, é saber que ele aproveitou a sua vida lindamente. O que fica é o amor que ele distribuiu e a sua maravilhosa gargalhada!".

"Nossos sentimentos Marina a vc e a todos da vossa família. Que vocês possam encontrar em Deus o conforto e consolo que o coração de vcs necessita nesse momento tão delicado. Que ele seja amparado por seres de luz e possa seguir sua jornada em paz, agora no plano espiritual. Um abraço apertado de todos daqui de casa", diz uma outra mensagem também de uma amiga.

'Já foi vítima': Escritório que aplicava golpes de falso empréstimo tinha classificação sobre alvo

A empresa de tecnologia em que Maurício trabalhava também fez uma homenagem ao rapaz por meio das redes sociais. Chamado pelos colegas de trabalho ele era chamado de Mau ou Mauri, o texto destaca que ele foi o responsável por criar e desenvolver o comitê de diversidade, inclusão e pertencimento, setor que se tornou um dos pilares da empresa, segundo a publicação. O grupo foi nomeado como DIB Maurício Luiz Munarini, como forma de homenagem.

"Que sorte a minha ter te convencido a entrar nessa jornada comigo!!! Pipefy nunca foi o mesmo depois que você entrou ❤️ homenagem linda e mais do que merecida! Te amo amigo", escreveu uma amiga de trabalho do skatista.

Preso por espancar filho: Ex-peão da Fazenda foi expulso de reality por comportamento agressivo

Outros também destacaram o impacto que as ações de Maurício tiveram. "Quantas vidas impactadas e transformadas por você! Seu sorriso, como se importava com todos e todas, seu jeito maravilhoso de ser. Você e seu legado sempre serão lembrados", escreveu uma amiga.

"Sempre vai estar em nossos corações ❤️ Faremos todas suas palavras, ações e iniciativas serem eternas, assim o mundo poderá sentir sua energia sempre", disse outra.

O velório do skatista foi na Igreja Católica de Paial, e o sepultamento está previsto para ser realizado nesta terça-feira. Maurício morava no Rio há cerca de dois meses.