Parlamentares pedem destituição do ducado de Príncipe Harry após lançamento de livro

Parlamentares superiores estão exigindo a destituição do título de "duque de Sussex" do príncipe Harry após lançamento de autobiografia repleta de histórias e alegações polêmicas. O motivo levantado pelos políticos foi que o segundo filho do rei Charles III quer "destruir" a família real.

Bob Seely, membro do parlamento do Reino Unido, deve recorrer a uma legislação que pode rebaixar o ducado de Harry da mesma forma que a realeza alemã perdeu seus títulos durante a Primeira Guerra Mundial.

A opinião popular também é mais inclinada ao desejo de ver o príncipe Harry e Meghan Markle sem seus títulos. Uma pesquisa online do The Sun revelou que 89% dos 31.300 leitores que votaram achavam que a dupla deveria ter seu ducado retirado.

Pesquisas separadas também revelaram que 78% dizem que os Sussex não deveriam comparecer à coroação, e 70% acham que o livro de Harry, lançado na última terça-feira, é "vergonhoso". Enquanto isso, 82% acham que Harry e o príncipe William não serão capazes de se reconciliar, e que 83% acham que a realeza não deveria responder às acusações de Harry.

Em entrevista ao tabloide, Seely disse: “Eles parecem odiar a instituição da família real, mas parecem perfeitamente felizes em usar seus títulos. Se for para destruir a instituição, não use os títulos. Harry não está se comportando com nenhuma dignidade com tudo isso."