Win Myint toma posse como novo presidente de Mianmar

Bangcoc, 30 mar (EFE).- Win Minyt tomou posse, nesta sexta-feira, como novo presidente de Mianmar, dois dias depois de ter sido eleito pelo Parlamento em substituição a Htin Kyaw, que renunciou na semana passada para "descansar".

O novo chefe de Estado jurou o cargo em um ato retransmitido pela televisão estatal "MRTV" perante o legislativo, onde na última quarta-feira derrotou outros dois candidatos graças à maioria na câmara do seu partido, a Liga Nacional pela Democracia (NLD).

Tudo acontece no mesmo dia em que se completa dois anos da constituição do governo da NLD, após a vitória da legenda nas eleições em novembro de 2015, as primeiras democráticas no país após quase meio século de regimes militares.

Win Myint, de 66 anos, é um ex-preso político da última junta militar, veterano da NLD, e um dos poucos membros do círculo próximo de colaboradores e homens de confiança da líder de fato do país, Aung San Suu Kyi.

O novo mandatário substitui Htin Kyaw, que renunciou no último dia 21, depois que o governo admitisse que o ex-presidente, de 71 anos, tinha viajado várias vezes para o exterior com o objetivo de submeter-se a tratamento médico.

Apesar da Constituição - aprovada pela última junta militar - conceder amplos poderes ao chefe do Estado, espera-se que Suu Kyi siga exercendo a liderança política do governo como Conselheira de Estado.

Junto com o novo presidente, os outros candidatos assumiram o cargo de vice-presidentes. EFE