Parque de Doñana em Risco

O Parque Nacional de Doñana, no sul de Espanha, está em risco.

Uma das maiores zonas húmidas da Europa está ameaçada pelas alterações climáticas e pela agricultura intensiva o que levou a União Europeia a avisar, recentemente, o Governo Regional da Andaluzia que não é sustentável aumentar os hectares de terras irrigadas na zona de Doñana.

Os ambientalistas defendem a adoção de medidas radicais e polémicas.

"A sobre-exploração das águas subterrâneas está a destruir as zonas húmidas de Doñana. Precisamos de mudanças radicais, que incluiriam: acabar com a sobre-exploração das águas subterrâneas e fechar poços, o que tem de ser feito pela administração. Temos de parar de extrair tanta água e limitar as extrações atuais, reduzindo-as para metade", afirma o ambientalista da organização "Save Doñana", Juan Romero.

Isso seria uma tragédia para o porta-voz da Associação de Agricultores "Puerta Doñana", Manuel Delgado: "A cultura necessita da água de que necessita". Nós, no município de Almonte, temos 4200 hectares de terra irrigada, se eles reduzirem o abastecimento de água para metade, temos de reduzir a quinta para metade. Teríamos de reduzir 2100 hectares de cultura. Isso é a ruína".

As autoridades locais afirmam que esta é uma falsa questão, que não existe um problema de falta de água na região e há soluções possíveis.

O presidente do partido de extrema-direita VOX, Rafael Segovia afirma: "Em Huelva não há problemas de água. É uma mentira, um problema artificial que foi criado. É uma mentira! Doñana não está em perigo se fizermos estes trabalhos. O problema tem uma solução simples, que é transferir água do El Chansa (um rio) para o Condado, tão fácil quanto isso".

"Esta solução tem os dias contados porque quando falta chuva, falta em todo o lado. As alterações climáticas estão a afetar-nos e estão a afetar as bacias hidrográficas excedentes. Portanto, o que temos de fazer é repensar o modelo em Doñana", assegura o coordenador da WWF Doñana. Juan Carmona.

Em fevereiro, a Comissão Europeia ameaçou penalizar Espanha com sanções financeiras milionários. Há um ano, o Governo de Madrid já tinha sido censurado pelo Tribunal de Justiça da União Europeia por não ter cumprido as suas obrigações em matéria de gestão da água na região de Doñana, classificado como Património da Humanidade pela UNESCO.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos