Partido de Alckmin, PSB negocia adesão à base de Tarcísio em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em reunião nesta quarta-feira (11), o PSB de São Paulo iniciou negociação para aderir à base do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Nacionalmente, o partido apoia Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e tem o vice-presidente Geraldo Alckmin como seu principal representante no governo.

O encontro foi realizado entre Gilberto Kassab, secretário de Governo do ex-ministro de Jair Bolsonaro (PL) e presidente do PSD, e os três deputados estaduais do PSB: Andréa Werner, Caio França (filho do ministro de Portos e Aeroportos Márcio França) e Doutor Valdomiro Lopes.

Caciques do PSB, Márcio França, Alckmin e Carlos Siqueira, presidente da sigla, ainda devem ser consultados a respeito do tema.

Nesta quarta, Tarcísio esteve em Brasília para reunião com Lula, na qual discutiram o processo de desestatização do porto de Santos.