Partido governista do Japão deve ter forte resultado em eleição após assassinato de Abe

Por Elaine Lies

TÓQUIO (Reuters) - O governista Partido Liberal Democrata (PLD) do Japão pode receber um forte impulso de apoio na eleição à Câmara Alta do Parlamento no domingo, após o assassinato do ex-primeiro-ministro Shinzo Abe, o principal estadista e negociador político do partido.

Abe, líder mais longevo da história moderna do Japão, foi baleado na sexta-feira durante um discurso em apoio a um candidato local na cidade de Nara, no oeste do país. Abe acabou morrendo, e o assassinato foi condenado pelo establishment político como um ataque à própria democracia.

As eleições para assentos na Câmara Alta, menos poderosa do Parlamento, são tipicamente vistas como um referendo ao governo, e as últimas pesquisas de opinião já apontaram resultado forte para o bloco liderado pelo primeiro-ministro Fumio Kishida, pupilo de Abe.

Com a nação em luto, tanto o PLD quanto seu parceiro de coalizão Komeito podem se beneficiar de uma possível onda de votos de compaixão, dizem analistas políticos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos