Partido italiano 5-Estrelas fará consulta online sobre apoio a Draghi

Angelo Amante
·1 minuto de leitura
Italian President Sergio Mattarella holds talks at the Quirinale Palace in Rome

Por Angelo Amante

ROMA (Reuters) - O partido italiano anti-establishment Movimento 5-Estrelas disse nesta segunda-feira que consultará seus membros para decidir se deve apoiar um governo liderado por Mario Draghi, aumentando a incerteza sobre a composição da coalizão do ex-chefe do Banco Central Europeu.

Inicialmente, o 5-Estrelas, maior partido do Parlamento, descartou endossar Draghi, mas depois de se encontrar com ele no sábado, seu líder, Vito Crimi, disse estar aberto a estudar um apoio a Draghi com base nas diretrizes que ele propõe.

A votação começará às 13h de quarta-feira e terminará 24 horas depois, informou o site oficial do 5-Estrelas.

Após a renúncia do primeiro-ministro Giuseppe Conte, causada por uma ruptura na coalizão, o chefe de Estado da Itália pediu na semana passada a Draghi para tentar formar um governo com amplo respaldo parlamentar.

Atualmente, ele realiza uma segunda rodada de conversas – que devem durar até terça-feira – com partidos políticos para tentar conquistar uma maioria e montar um gabinete.

Não está claro se ele esperará os resultados da votação do 5-Estrelas para dar notícias ao presidente, Sergio Mattarella.

Pesquisas de opinião indicam que a sondagem do 5-Estrelas pode ser acirrada. Uma pesquisa da agência Ipsos feita para o jornal Corriere della Sera na semana passada mostrou que 55% dos eleitores do 5-Estrelas querem que o partido apoie Draghi e que 40% se opõem a ele.

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702))

REUTERS TR