Partido do premiê da Letônia segue à frente na votação, mostra pesquisa de boca de urna

Eleição geral em Sigulda

Por Andrius Sytas

RIGA (Reuters) - O partido de centro-direita Nova Unidade do primeiro-ministro da Letônia, Krisjanis Karins, deve vencer as eleições nacionais deste sábado, mostrou uma pesquisa de boca de urna, após uma campanha dominada por preocupações de segurança após a invasão da Rússia na Ucrânia.

Se confirmado, o resultado deve significar que a Letônia permanece sendo uma voz de liderança ao lado de seus vizinhos bálticos, Lituânia e Estônia, para pressionar a União Europeia por uma posição decisiva contra a Rússia.

Mas isso pode aumentar a divergência entre a maioria letã do país e sua minoria de língua russa sobre seu lugar na sociedade, em meio à raiva nacional generalizada pelas ações de Moscou na Ucrânia.

Karins, de 57 anos, o primeiro chefe de governo da Letônia a sobreviver a um mandato completo de quatro anos, tem se beneficiado de sua política para a Rússia, que inclui restringir a entrada de cidadãos russos vindos da Rússia e de Belarus.

(Por Andrius Sytas em Vilnius e Janis Laizans em Riga)