Moscou considera que "Brexit" é "assunto interno" do Reino Unido

Moscou, 30 mar (EFE).- Moscou considera que o "Brexit" é um "assunto interno" do Reino Unido, embora vá analisar as possíveis consequências que a saída britânica da União Europeia (UE) pode trazer para os russos, disse nesta quinta-feira a porta-voz do Ministerio das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

"Consideramos que o 'Brexit' é um assunto interno do Reino Unido e o vemos como parte das relações entre Londres e Bruxelas", afirmou Zakharova em entrevista coletiva.

A porta-voz acrescentou que, "sem dúvida, estamos analisando as possíveis consequências que terá para a Rússia, por exemplo, no âmbito da economia e das finanças, entre outros".

A diplomata insistiu que Rússia "não tem relação com o 'Brexit'" e que esta iniciativa "entra absolutamente na esfera de responsabilidade dos britânicos e, claro, de suas relações com a UE".

A Rússia negou em repetidas ocasiões ter influenciado ou tentado interferir para conseguir a vitória do sim no referendo sobre o "Brexit" do Reino Unido.

Vários especialistas e analistas consideram que Moscou acredita que a saída do Reino Unido da UE vai melhorar a posição da Rússia na Europa, ao debilitar a ala mais "antirrussa" do bloco, da qual fazem parte Londres e países como Polônia, Lituânia e Estônia. EFE