Passageiro bêbado causa confusão em voo e Polícia Federal é acionada

Passageiro bêbado causou confusão em voo da Gol. (Foto: GettyImages)
Passageiro bêbado causou confusão em voo da Gol. (Foto: GettyImages)
  • Incidente ocorreu em voo de São Paulo para Recife

  • Passageiro teria ficado bêbado após tomar uma cachaça

  • Ele deu chutes e quebrou bandejas

Uma confusão em um voo da Gol, que saiu do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com destino ao aeroporto internacional Gilberto Freyre, no Recife, foi gravada por passageiros no último domingo (14). Um homem embriagado chutou assentos e quebrou bandejas.

As gravações circularam pelas redes sociais. As imagens mostram que o homem estava sentado em uma poltrona na janela, sem ninguém ao seu lado, quando é abordado por um comissário de bordo. Alterado, ele começa a dar chutes.

Um policial federal passa a tratar com o passageiro. "Abaixa essa bola, a polícia chegou", disse o agente.

Segundo publicaram testemunhas nas redes sociais, o homem teria bebido cachaça durante o voo. “Passageiro bebeu a branquinha durante o voo. Sim a cachaça. O efeito do álcool em ambiente pressurizado é potencializado no corpo humano”, escreveu uma pessoa. “O resultado? Descontrole e atoa de violência”, concluiu.

O perfil Aeroporto da Depressão compartilhou uma mensagem de um passageiro, que explicou a situação: "O cara entrou, estava de boa. Aí começou a passar mal, desmaiado e espumando pela boca. Aí chamaram o médico. Tinha três [médicos] no avião. Na garrafinha dele, supostamente de água, surpresa: era cachaça. Os médicos diagnosticaram então um suposto coma alcoólico e decidiram ministrar glicose. Abriram o kit, quando foram iniciar, ele acordou doidão. Por isso, ele gritava que tinham enfiado uma agulha nele. Só conseguiram colocar as algemas com ajuda de mais dois passageiros".

A Gol Linha Aéreas afirmou que a situação aconteceu no voo 1556, pouco depois do pouso em Recife. A empresa disse que o passageiro precisou ser contido pela Polícia Federal, que acompanhou seu desembarque pela porta traseira.

"Todas as ações e procedimentos adotados pela companhia foram tomados com foco na segurança dos comissários e clientes", disse em nota.