Passageiros andam nos trilhos após trem da SuperVia apresentar problemas

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: TV Globo / Reprodução

Na manhã seguinte à paralisação dos três corredores do BRT, usuários de transporte público no Rio voltam a ter problemas, dessa vez, com a SuperVia. Na manhã desta terça-feira, passageiros tiveram que andar cerca de dois quilômetros pella via férrea entre as estações de Padre Miguel e Realengo, na Zona Oeste do Rio. Isso ocorreo por causa de um problema num trem de de manutenção. A SuperVia não informou o que aconteceu com a composição.

De acordo com a concessionária, "em função de uma ocorrência com um veículo de manutenção nas proximidades da estação Padre Miguel/Mocidade, a circulação do ramal Santa Cruz ocorre nos trechos entre Santa Cruz e Padre Miguel/Mocidade e entre Realengo e Central do Brasil. A equipe técnica da concessionária está realizando os reparos necessários para liberar a linha no menor tempo possível. Os clientes estão sendo informados por meio do sistema de áudio dos trens e estações".

Em redes sociais, usuários do transporte comentaram a situação:

"Ontem sem BRT em uma greve dos operadores do sistema contra a redução de horas e salário. Hoje o trem está limitado até Padre Miguel".

"O pobre não tem um dia de paz mesmo. Ontem greve de BRT, hoje o trem só está indo até Padre Miguel".

Ramal Japeri (pico de 5h às 7h)

Entre Nova Iguaçu e Japeri – Intervalo médio de 15 minutos

Entre Central e Nova Iguaçu – Intervalo médio de 7,5 minutos

Ramal Belford Roxo (pico de 6h às 8h)

Intervalo médio de 25 minutos.

Ramal Saracuruna (pico de 5h às 8h)

Central a Gramacho - intervalo médio de 12 minutos

Gramacho a Saracuruna - intervalo médio de 23 minutos