Passagem de tufão pelo Japão deixa quatro mortos e mais de 100 feridos

Duas pessoas morreram e outras duas foram encontradas "sem sinais vitais" após a passagem do tufão Nanmadol pelo Japão durante o fim de semana, informou o porta-voz do governo.

O fenômeno tocou o solo no domingo à noite na cidade de Kagoshima (sudoeste) e provocou fortes chuvas na região de Kyushu, antes de seguir para a costa oeste do arquipélago.

O tufão derrubou árvores, destruiu janelas e provocou fortes chuvas no município de Miyazaki, onde foram confirmadas duas mortes.

O porta-voz do governo, Hirozaku Matsuno, disse que mais duas pessoas foram encontradas "sem sinais vitais', uma expressão utilizada com frequência no Japão quando a morte ainda não foi confirmada por um legista.

O balanço pode ser mais grave, pois as autoridades investigam se outras duas mortes estão vinculadas ao tufão e procuram um desaparecido, disse Matsuno.

O balanço oficial cita ainda 114 feridos, 14 deles em estado grave.

Na manhã de terça-feira, a tempestade foi rebaixada para a categoria de ciclone extratropical, enquanto atravessava a costa leste.

Quase 140.000 casas continuavam sem energia elétrica, a maioria em Kyushu (sul), a terceira maior ilha do país.

tmo/sah/lb/dbh/zm/fp